• Brasília Vôlei

Brasília Vôlei sofre com erros e acaba sendo derrotado pelo líder

Em duelo pré recesso de Natal, as candangas tiveram dificuldades contra as mineiras .


O Brasília Vôlei sofre mais uma derrota na Superliga Banco do Brasil 2020-2021 contra o Minas Tênis Clube por 3 sets a 0 (25X22, 25x16 e 25x20), nesta terça-feira à noite, em Belo Horizonte, em confronto pela décima primeira rodada da competição.


Com esse resultado, a equipe continua com 5 pontos e em penúltimo na tabela. Agora as atletas do Brasília Vôlei terão um recesso de Natal até o dia 26/12, e logo já voltam a treinar para encarar seu último compromisso em 2020: a partida contra o Curitiba Vôlei, em rodada adiada devido aos casos de COVID-19 no elenco.


O jogo será na terça-feira, dia 29/12, às 19h30, no ginásio Colégio Positivo, em Curitiba, pela sexta rodada da competição.

JOGO

O Brasília iniciou o jogo com a seguinte formação: Ju Carrijo, Ariane, Ingrid Félix, Neneca, Aline, Edna e Vitória.


O primeiro set começou com as donas da casa saindo na frente, se impondo e abrindo vantagem com 3x1. Com uma boa sequência de pontos da oposta Ariane, o Brasília voltou a se encontrar no jogo e empatou a parcial em 6x6. Apesar da demonstração de reação, não foi suficiente para segurar os contra-ataques mineiros que colocaram 13x9. O que fez o técnico Rogério Portela pedir seu tempo técnico e trabalhar um reajuste nos levantamentos. Na volta do tempo, o Minas continuou pressionando e impôs 18x10, mas com algumas mexidas no elenco, o Brasília voltou a se encontrar na partida e colou na parcial com 21x19, causando um efeito no time da casa. Assim, o Minas conseguiu se manter e fechou a parcial em 25 x 22.


O começo do segundo set foi melhor para as candangas dando bastante volume de bola, elas abriram 2x4 e 4x6. Fazendo com que o time da casa pedisse tempo e na volta, as mineiras reagiram e empataram a partida 10x10. A partir desse momento, o jogo ficou disputado e marcado por rallys, com 10 pontos de ataque para cada lado (15x15). O Brasília voltou a apresentar desempenho instável (20 x 15) e o Minas fechou a parcial em 25 x 16.


O terceiro set seguiu no mesmo ritmo do anterior, dificultando a vida do Brasilia (4x2). O placar de 7x2 fez com que o técnico Rogério Portela pedisse o tempo para realocar peças chaves na sua equipe. O apagão foi aparente na equipe, 12x6, pois a pressão mineira foi constante (17x11) e conquistaram a parcial por 25x20.


Durante o set, houve a contusão no joelho esquerdo da oposta Sara Dias, a atleta está sendo acompanhada pelo fisioterapeuta do time, Wagner Andrade e agora esperando para a realização do exame de imagem, torcemos para que não seja nada grave e que a recuperação seja breve. Assim que o caso médico da atleta for atualizado, o clube divulgará as informações.


Em entrevista pós-jogo, a maior pontuadora do lado do Brasília, com 10 pontos, central Edna comenta da partida: "Realmente o retorno físico pós COVID é complicado, mas vejo bastante a nossa crescente e confiança na equipe.", diz.




SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

BRASÍLIA VÔLEI

SESI - St. F Norte QNF 24 - Taguatinga Norte

Brasília - DF, 72125-740

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now